16 setembro, 2014

Meu Look: Saia Floral


Hey girls, sabe aqueles dias super quentes, em que tudo que a gente veste, faz ficar ainda mais calor? Então, os dias aqui no interior estão bem assim, cada dia mais quentes, pensando nisso, eu montei um look suuuper confortável e uma das minhas combinações preferidas: Cropped + Saia cintura alta. 
Um mix de texturas, combinei esse cropped de renda branco, com essa sainha floral que é simplesmente a minha paixão, e tem essa bolsa vermelhinha que é um dos meus xodós, pra finalizar com conforto, tênis ♥
Deu nessas fotos fofas, de um final de semana quente :


Amo dias e looks assim, e vocês?
Beijos, Ariane

09 setembro, 2014

Coluna da Malu: Sem nome, ou seu nome


"De vez em quando você abala meu psicológico e me domina por inteira. Nunca comecei um texto assim, é que você me vira do avesso de tal forma que se o começo é feito pelo final ou pelo meio, não alterará a intensidade. Talvez você não tenha reparado que roubou toda a minha atenção para o seu olhar, como se agora ele fosse apenas meu, e esse papo de sintonia não é utopia, pois bem vi você me olhar enquanto eu sorria, mesmo não sabendo que todo esse sorriso quem tira é você, e só você. Eu luto todo dia contra meu sentimento, sinto como se estivesse parada no tempo e andando em círculos. Como pode tanta atração pra pouca ação? Entrei no seu jogo contando que fosse fácil, mas quem pegou todo o controle foi você, e isso nunca foi comum, e creio que você não é trivial com pensei que pudesse ser.
Sei que temos algo pra falar um pro outro, então chega mais perto e não me deixe aqui nessa agonia de esperar sair da tua boca o que meu ouvido grita pra ouvir. A gente anda complicando muito o que era pra ser tão simples. Você não sabe o quanto me faz bem! Então larga de marra que já passou da hora de você me fazer feliz, me abraçar por um segundo e prometer ficar. Já parei de procurar tudo que eu quero, quando eu te achei, e não tá difícil de perceber que mesmo não sendo tua, me faço como.
Já reparou em como meu rosto te dá sinais? Minhas bochechas tão sem graça ficam vermelhas só ao cruzarmos olhares, e isso está me atormentando por estar totalmente sob teu comando. É tão estranho o que ta acontecendo, os pensamentos colidindo com meu orgulho, o meu silêncio quanto a você... Está tudo tão subentendido que tem horas que me confundo com minhas próprias ideias, é difícil de me entender, né? Talvez assim consiga te passar um pouco do que você me passa sempre: Confusão.
É orgulho, medo ou vergonha? Sei que você esconde algo debaixo dessa indiferença, ou sei lá em como dar nome a tudo isso, às vezes nem é para rotular. Mas se me permite mudar de foco, gostaria de ressaltar que eu adoro quando você esquece seus olhos em cima dos meus, ou quando a sua risada de alguma forma se confunde com a minha, mas adoro mais ainda quando me chama de princesa (mesmo faltando o pronome possessivo) ou quando me enche de perguntas para receber respostas que você sabe que não darei, ou por enquanto não.
Para não deixar uma bagunça sem fim (de bagunça basta nossa relação, se é que posso chamar de relação) faço de todas essas palavras o final, e o início que não foi feito de forma adequada, admito que mesmo de propósito eu realmente não sabia por onde começar, pois previa que ia ser um tremendo desafio escrever sobre você, e foi. E por fim, peço desculpas pelo título dado, como visto, eu odeio nomear, e se caso houver dúvidas quanto a isso, deixo bem claro que sim, foi um convite, uma proposta, ou melhor.. Uma pergunta."


Maria Luíza Facholi

18 agosto, 2014

Figurino da novela Boogie Oogie


A novela Boogie Oogie, me surpreendeu em vários sentidos, com uma trama intrigante e personagens totalmente autênticos, tem me prendido à cada capítulo. Mas como aqui o assunto principal é moda, não podia deixar de ressaltar e fazer um post especial pro figurino impecável dos anos 70.

Antenadíssimos, o figurino tem as principais tendências da época, apesar de estar um pouquinho misturadas, retratam bem os looks de 1960 até 1980. Calças flare, muito brilho, maxi brincos e maxi colares, saia lápis, cropped, muita cintura alta, conjuntinhos, visual hippie e acessórios extravagantes, compõe um manual fashion cheio de cores fortes.

Não sei se ainda é cedo pra me apaixonar no figurino da novela, mas confesso que foi uma das coisas que mais me prende na frente da TV haha. Estou sempre de olho na patricinha Vitória, nas calças da Inês, nos óculos da Gilda, o visual moderninho rocker da Dani, os looks hippie da Sandra e os acessórios e modelitos da Suzana.

Confiram algumas fotinhos, e julguem vocês mesmos:


Um arraso, não?
E vocês, estão gostando da novela e dos looks dos personagens?
Beijos, Ariane

05 agosto, 2014

Meu Look: Camisa Jeans e Bota de Franjas


Sabe quando a gente se apaixona, e não consegue evitar esse amor? Foi exatamente isso que senti, quando avistei essa bota de franjas na loja. Eu já estava louca por uma, e quando vi este modelo da Djean, não teve como evitar levar  ♥. 
E eu acho que se tem uma coisa que combina com essa lindinha, é uma camisa jeans, que por sinal, era meu segundo desejo da wishlist. Ela tem detalhes de couro nos ombros, o que me fez achar ainda mais estilosa, pra não ficar muito pesado, combinei com uma legging preta, e amei o resultado:

Camisa: Conta Pra Ela; Calça: Colcci; Botas: Djean.
Meninas, desculpem a ausência, mas vou fazer o possível pra postar com mais frequência.
E ai, o que acharam do look?
Beijos, Ariane

16 junho, 2014

Apenas um até logo


Olhando pra trás eu percebi, o quanto amadureci depois de tanto sofrimento. O quanto me tornei mais forte. O quanto aprendi a me amar mais, antes de amar qualquer outra pessoa. Claro que isso não significa que doa menos, ou que eu não me machuque mais, só que não vale sacrificar a nossa paz, por outra pessoa. Porque no final, tudo acaba.
Logo eu que sempre fui péssima em despedidas. Que não queria ninguém por perto, pra não ter que sentir  isso de novo. Estou aqui, com um aperto tão grande que parece que vai me sufocar . Queria ser daquelas que aprenderam a ser frias, que não conseguem se permitir. Mais eu não sou. Não sou assim. Sou intensidade, vibração, sentimento e uma grande carga de drama, não te culpo por ir embora e não te peço pra ficar.
Se tem algo que eu aprendi, é que amor e atenção não se implora. Perto de mim só quem queira estar. Eu quero sentir, eu quero chorar de alegria, eu quero ser o motivo do sorriso de alguém. Ser suficiente. Mas essa ainda não é minha hora. Cheguei no meu limite, então vamos parar por aqui antes que tudo piore.
Eu ainda sinto o seu cheiro. Eu ainda quero dormir e acordar do seu lado. Eu ainda acho o seu sorriso o mais bonito de todos. Mas tudo se perdeu. Aquele encantamento todo se foi. No momento em que um de nós não sabia o que queria. No momento em que as atitudes e a falta delas afetava o outro. E esse alguém era eu. Sempre sou eu. Quem sai magoada, juntando os restos no chão e tentando levantar.
 No fundo eu sabia como as coisas terminariam. Eu sabia que era roubada tentar consertar uma pessoa quebrada, afinal, você pode se cortar em seus cacos. Eu não posso me permitir ser a segunda opção de novo. Não posso nem pensar em me torturar cada dia e cada noite quando você não estiver aqui. E te ver se afastando aos poucos, sem saber o que fazer pra você ficar.
Por isso estou te deixando livre pra ir embora. Vire as costas, não olhe pra trás, porque eu iria correndo em seu encontro. Apenas siga em frente. Abrace o mundo como você sonha. Vá na sua busca pela independência. Eu não consigo mas ficar aqui estendendo a mão, sabendo que você prefere seguir carreira solo.
Quanto a mim, não se preocupe. Nenhuma dor é eterna. Eu só te peço que quando ouvir a nossa música. Quando assistir aquele filme que a gente gostava de ver juntos. Quando for aos lugares que fizeram essa história, que mesmo pequena, marcar tanto. Lembre-se que eu lutei até não poder mais, que eu insisti, o quanto eu valorizava nossa felicidade momentânea. Mas que a escolha foi sua e se sentir vontade de voltar, eu não garanto mais que estarei aqui. Não é um adeus, apenas um até logo. Só deixe um resto no frasco do perfume, pra que ainda reste um pouco de mim no seu quarto.

Ariane Rocha